COVID19. Hospital de Cascais garante a CASCAIS24 que 5 idosos internados e com alta não regressam aos lares sem que existem condições

COVID19



07 abril 2020

Cinco idosos, infetados com Covid19 e ainda internados no hospital de Cascais estão com alta hospitalar, correndo o risco de regressarem aos lares onde vivem, mas a administração da Lusíadas Saúde, que explora este hospital em parceria público-privada, assegurou a Cascais24 que “em conjunto com diversos organismos locais, estamos a avaliar outras soluções para os casos de lares que não tenham as condições adequadas para os receber e que, até lá, estes idosos irão manter-se connosco.”

O regresso aos lares dos idosos internados foi um dos temas abordados esta terça-feira na reunião, por videoconferência, do executivo da Câmara de Cascais, com o presidente Carlos Carreiras, em resposta a questões levantadas pelo vereador do PCP Clemente Alves, a afirmar que a decisão está a ser tomada para cumprir diretrizes emanadas pela ARS-LVT e pela DGS”.

“A ser verdade aquilo que o Presidente da CMC hoje informou, a devolução à origem de doentes idosos infectados com Covid-19 não constitui só um grave atentado contra a saúde pública, é também um atentado contra a dignidade humana”, considerou o vereador comunista.

Questionada, a propósito, esta mesma terça-feira, à tarde, por Cascais24, a administração da unidade de saúde informou que “o Hospital de Cascais, de acordo com a recente norma da Direção-Geral da Saúde, tem feito todos os esforços para, quando aplicável, garantir que os doentes têm alta hospitalar precoce, de forma a reduzir a exposição dos mesmos aos riscos do internamento hospitalar”.

Nas respostas a Cascais24, o Hospital de Cascais confirma que, “neste momento, temos 5 idosos com alta hospitalar e que residem em lares” e assegura que “estamos a avaliar com os respetivos lares se têm condições para receber estes idosos”.

“Paralelamente, e em conjunto com diversos organismos locais, estamos a avaliar outras soluções para os casos de lares que não tenham as condições adequadas para os receber. Até lá, estes idosos irão manter-se connosco”, assegura a administração do Hospital de Cascais.
Imprimir


Sem comentários:

Publicação em destaque

REGIÃO interior de Cascais foi a mais fustigada pelo mau tempo

O interior do concelho de Cascais foi o mais fustigado pelo mau tempo, sobretudo pela forte precipitação que assolou a região entre o final ...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA