Um morto e um ferido grave em queda de torre de comunicações em Alcabideche

SEGURANÇA

Por Redação
17 junho 2020
Faleceu ao início da tarde, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, um dos dois jovens trabalhadores, que ficaram gravemente feridos, esta quarta-feira, de manhã, ao serem arrastados na queda da torre de comunicações instalada na cobertura do edifício da Altice Portugal, na rua Cesaltina Fialho Gouveia, em Alcabideche.

Trata-se de um jovem, 25 anos, que entrou em paragem cardiorrespiratória e na altura foi revertida pelas equipas de socorro.

Já no Hospital de Santa Maria, para onde foi transportado pelos Bombeiros de Alcabideche, acabou por falecer.

O outro jovem trabalhador, de 24 anos, que sofreu fratura exposta numa das pernas, para além de outras lesões, continua internado no Hospital de São Francisco Xavier.

Ao serviço da empresa Viatel, os jovens trabalhavam, amarrados e aparentemente em condições de segurança no topo da torre. 


Três outros trabalhadores da equipa de manutenção, que escaparam ilesos, estão a receber acompanhamento psicológico.

A torre de comunicações, cuja base estava instalada na cobertura do edifício e a cerca de 40 metros do solo, abateu-se ainda sobre o asfalto e uma moradia situada em frente, para além de ter provocado danos numa viatura estacionada.

"Foi um milagre na altura não estar a circular nenhuma viatura ou transeuntes", disse, a Cascais24, fonte dos Bombeiros de Alcabideche. 


Nas operações de socorro estiveram empenhados 19 operacionais, apoiados por 8 veículos, dos Bombeiros de Alcabideche, as VMER dos hospitais de Cascais e Amadora-Sintra e, ainda, o serviço municipal de Proteção Civil e a GNR.

Entretanto, uma brigada de inspetores da delegação de Sintra da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) compareceu no local, procurando recolher elementos que possam permitir apurar as causas do grave acidente.







Sem comentários:

Publicação em destaque

FUNCIONÁRIA do Modelo Continente de Tires salva cliente de 81 anos em paragem cardiorrespiratória

HEROÍNA .  Ao aplicar os seus conhecimentos de suporte básico de vida, com a ajuda de um desfibrilhador, até à chegada dos Bombeiros de Pare...

FOI NOTICIA

BLOGS