O mistério da “boca” de manilha que "vomita" poluição para a praia de Parede

ATUAL

Por VALDEMAR PINHEIRO
18 agosto 2020

Há duas versões para as descargas que têm sido feitas na praia de Parede, através da “boca” de uma enorme manilha instalada na arriba. Uns falam em esgotos, outros em águas sujas. A verdade é que na origem poderão estar falhas estruturais no saneamento das Residências Montepio.

Na última quinta-feira, foi detetada uma nova descarga através da manilha, que à “boca” apresenta uma enorme sujidade escura.

Já em julho último, a praia de Parede fora interditada, depois de análises à água terem revelado valores microbiológicos acima dos parâmetros de referência.

O próprio município de Cascais informou, então, que a empresa Águas de Cascais estava a realizar verificações às redes e aos sistemas de saneamento, no sentido de apurar as causas possíveis dos resultados obtidos, uma vez que não era "evidente a causa da contaminação" da água. O resultado ainda hoje é desconhecido.

As descargas através da manilha na arriba foram discutidas numa das recentes reuniões do executivo.

O problema foi levantado pelo vereador do PCP Clemente Alves que, assegurou, deslocou-se ao local e até falou com algumas pessoas, entre as quais alguns surfistas. 
Vereador Clemente Alves levou o problema a uma das últimas reuniões do executivo
De acordo com Clemente Alves, foram unânimes em afirmar tratar-se de descargas de esgotos.

Segundo eles, ainda de acordo com o vereador comunista, o problema está numa fossa com origem nas Residências Montepio, situada entre um conhecido restaurante e a avenida Marginal.

Esta fossa, explicaram ao vereador, quando enche e atinge um determinado volume aciona um mecanismo que abre e despeja os esgotos diretamente para a praia.

Confrontada, a vereadora Joana Balsemão, que detém a área do Ambiente, retorquiu que “não podemos atuar perante prováveis causas”. 


A vereadora da maioria no executivo reconheceu, no entanto, que “é verdade que há lá um tubo (na arriba) que descarrega água, não necessariamente esgoto e está identificado”.

Ainda segundo Joana Balsemão, “muitas vezes parece esgoto, mas pode não ser”.

E, explicou: “Há uma situação na subcave das Residências Montepio, que nós acompanhamos há algum tempo”. 
Vereadora Joana Balsemão reconheceu existência de descargas mas diz ter dúvidas tratar-se de esgotos
A vereadora precisou tratar-se de uma “subcave que está situada em leito cheio, onde acumula água da ribeira, mas muitas vezes também água suja, que é descarregada, sim, e estamos à procura de uma solução”.

Depois de reafirmar “duvidar” de que as descargas sejam de “esgoto”, Joana Balsemão rematou tratar-se de uma matéria que envolve “um privado”, referindo-se às Residências Montepio.

Entretanto, persiste o mistério à volta da existência da manilha na arriba e para que serve.

Cascais24 enviou um email à vereadora Joana Balsemão, procurando algumas respostas concretas, mas sem sucesso, dado encontrar-se ausente, em gozo de férias.

Já a Autoridade Marítima Nacional, em Cascais, assegurou desconhecer as alegadas descargas.



7 comentários:

João Casanova Ferreira disse...

Deve ser o vulcão de Cascais que entrou em actividade.

baraona disse...

Câmara de Cascais no seu melhor! Analisam, analisam, analisam, sabem, etc... mas resolver o problema nada!"

JD disse...

Peço a quem tiver o meio adequado, que informe a Sra. Vereadora, de que esgoto é esgoto, é um derramamento, e se a CMC não sabe a que atribuir, é o reconhecimento do laxismo e da incompetência. Que se demitam os responsáveis, para que gente capaz tome conta do concelho.
José Dinis

João Casanova Ferreira disse...

A incompetência é filha de pai e mãe.

José Moura disse...

Não entendi! Diz a senhora vereadora que envolve um privado. E?
Pergunto eu, senhora vereadora:por ser privado pode fazer o que quer e lhe apetece? Não há autoridades? Não é para impor a legalidade social que lhe pagam? Enfim...

Unknown disse...

Será tão complicado uma autoridade que tem como responsabilidade à análise das águas (para consumo ou outras)fazer uma análise logo que se verifique uma descarga?E se há uma cave com problemas na maré alta ,pergunto :Quem autorizou?Quem inviabilizou a obra?Foram apresentados os prós e contras de tal licenciamento?É privado,e depois?É razão para nada se fazer?
Estão todos muito envolvidos em campanhas de auto promoção. ...as eleições precisam mais marketing...

João Casanova Ferreira disse...

A vereadora deve ter razão ao dizer que envolve um privado, como se diz acima. Privê, de retrete, e fedorento, da parte do gato. Os vapores são rosas, senhor!

Publicação em destaque

FUNCIONÁRIA do Modelo Continente de Tires salva cliente de 81 anos em paragem cardiorrespiratória

HEROÍNA .  Ao aplicar os seus conhecimentos de suporte básico de vida, com a ajuda de um desfibrilhador, até à chegada dos Bombeiros de Pare...

FOI NOTICIA

BLOGS