CRIMINALIDADE. PSP regista 180 roubos nas ruas de Cascais em onze meses

Segurança

Por Redação
06 dezembro 2019

Entre janeiro e novembro e só na área de intervenção da PSP, as ruas do concelho de Cascais foram palco de 180 roubos violentos, 51 dos quais praticados pelo método de esticão.

A revelação foi feita pelo subintendente Reinaldo Santos, que está a comandar a Divisão Policial de Cascais, durante a tomada de posse, esta semana, do Conselho Municipal de Segurança.


Subintendente Reinaldo Santos
Ainda segundo o comandante da Divisão Policial de Cascais, no mesmo período foram registados 90 furtos por carteiristas, 156 outros de motorizadas e 228 assaltos por arrombamento e chave falsa a habitações.

Já ao nível dos estabelecimentos comerciais foram registados 73 assaltos.

Entre janeiro e novembro, a Divisão Policial de Cascais registou, ainda, 302 queixas por burla informática e 502 crimes de violência doméstica.

Em comparação com as estatísticas correspondentes ao mesmo período do ano passado, nota-se, no entanto, uma diminuição na generalidade dos crimes de roubo e de furto - aqueles que mais afetam e são geradores de maior alarme social e preocupação junto dos habitantes.

De acordo com as estatísticas avançadas pelo subintendente Reinaldo Santos, foram também cumpridos 120 mandados de detenção e entregues, voluntariamente, por civis, 502 armas de fogo.

No âmbito da segurança rodoviária foram registados no mesmo período 1219 acidentes, dos quais resultaram 443 feridos leves e 18 graves. Ainda no âmbito do trânsito, a Divisão Policial de Cascais fiscalizou, por radar, 24.712 veículos e levantou 4.290 autos de contraordenação.


Nova Divisão Policial de Cascais recentemente inaugurada
A Divisão Policial de Cascais cobre uma área de 50 km2, povoada por 164.317 pessoas.

Possui cinco esquadras, distribuídas por Cascais, Estoril, Parede, Carcavelos e Trajouce, para além das Esquadras de Trânsito e de Investigação Criminal (EIC).

No entanto, das cinco Esquadras de proximidade e de policiamento só a 56ª Esquadra (Trajouce) cobre uma área de cerca 20 km2 com uma população próxima dos 60 mil habitantes.

Finalmente, ao nível dos efetivos, entre agentes, chefes e oficiais, a Divisão Policial de Cascais, que depende do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis), conta com 407 polícias, efetivo que, de acordo com os dados do subintendente Reinaldo Santos, “tem vindo a diminuir desde há cinco anos”.


Imprimir

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."