Magina da Silva nomeado pelo Governo novo Diretor Nacional da PSP

Segurança

Por Redação
29 janeiro 2020
O Superintendente-Chefe Magina da Silva é o novo Diretor Nacional da PSP, substituindo no cargo Luís Farinha, soube-se esta quarta-feira.

Magina da Silva, que vive no concelho de Oeiras, tem 54 anos e exerce desde agosto de 2015 as funções de Diretor Nacional Adjunto para a Unidade Orgânica de Operações e Segurança da PSP.

É licenciado em ciências policiais pelo Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (antiga Escola Superior de Polícia) e, entre outros, possui o curso de operações especiais.

Entre meio de 2008 e fevereiro de 2012 foi comandante da Unidade Especial de Polícia, na qual está integrado o Grupo de Operações Especiais (GOE) e o Corpo de Intervenção.

Magina da Silva, nomeado esta quarta-feira pelo Primeiro-Ministro António Costa e pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, toma posse no próximo dia 3 de fevereiro.

Em abril do ano passado, Magina da Silva foi noticia na generalidade da Comunicação Social por, em período de descanso com a família, ter encontrado uma menina perdida na praia de Carcavelos, que acabou por ser entregue à mãe.

A menina, 4 anos, perdida no areal da praia de Carcavelos, foi encontrada e entregue meia hora depois à mãe pelo Diretor Nacional Adjunto da PSP, Superintendente-Chefe Magina da Silva.

Magina da Silva encontrava-se na praia, em período de lazer, acompanhado da mulher.
A certa altura, o Superintendente-Chefe e a mulher viram uma criança perdida e abordaram-na. A menina deu o nome completo e a idade e disse que andava à procura da mãe. 
Ao aperceber-se de que a criança não usava a pulseira do programa “Estou Aqui”, Magina da Silva e a mulher percorreram o areal com a menina pela mão, até que, cerca de meia hora depois, ela avistou a mãe, a qual, em lágrimas, também a procurava desesperadamente.

O reencontro entre as duas foi marcado por um forte e comovido abraço e muitos beijos.
Imprimir

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."