Agrediu companheira durante 5 anos

Segurança

Por Redação
18 setembro 2019

Um homem, que durante cinco anos ameaçou e agrediu física e psicologicamente a companheira, foi detido em Cascais e, posteriormente, libertado sujeito a medidas de coação, que passam pela proibição de se aproximar da residência da vítima ou de aí permanecer, esta última fiscalizada eletronicamente, anunciou esta quarta-feira a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa do Ministério Público (MP).

O arguido foi detido pela PSP e apresentado ao Juiz de Instrução Criminal de Cascais para primeiro interrogatório judicial esta terça-feira.

As medidas de coação foram aplicadas por verificar-se os perigosos de continuação da atividade criminosa e de perturbação do inquérito.

Segundo o Ministério Público, o homem está “fortemente indiciado pela prática de um crime de violência doméstica e um crime de furto”.
 

Os fortes indícios recolhidos apontam para que o arguido, ao longo dos cinco anos que coabitou com a vítima, sua companheira, ameaçou-a e agrediu-a física e psicologicamente. 

Em 2019, após o términus do relacionamento entre ambos, o arguido continuou com os mesmos comportamentos, tendo ainda, em dada ocasião, subtraído o telemóvel da vítima.

O inquérito não está em segredo de Justiça e a investigação prossegue sob a direção do DIAP/ Núcleo de Cascais, Comarca de Lisboa Oeste, com a coadjuvação da PSP.


Imprimir

Sem comentários:

Publicação em destaque

O regresso ao escritório pós-Covid: modelos e medidas a adaptar

TRABALHO .  O teletrabalho deixou de ser obrigatório desde o dia 1 de agosto em Portugal. A medida estava em vigor desde janeiro deste ano, ...

FOI NOTICIA

BLOGS