INTERCEÇÃO DE ALTO RISCO. Irlandeses que agrediram dono de kebab são considerados muito "violentos e perigosos"

Segurança

Por Redação
19/10/2018
Os irlandeses, intercetados e conduzidos à PSP de Cascais esta sexta-feira, ao início de madrugada, depois de terem causado distúrbios e agredido violentamente o dono do Mr Kebab, perto do largo de Camões, são considerados pelas autoridades do Reino Unido e pela Europol como "muito violentos e perigosos", havendo suspeitas de que possam estar ligados ao holliganismo e a outras atividades de banditismo internacional, confirmou, a Cascais24, fonte da Europol.

Os irlandeses, um de 40 anos, e outro, de 32 anos - um terceiro logrou escapar com um portátil contendo imagens de vigilância do interior do estabelecimento - foram intercetados e alcançados por agentes da PSP a cerca de 100 metros, depois de terem agredido o dono do kebab, de 51 anos, que teve necessidade de ser socorrido e transportado pelos bombeiros ao Hospital de Cascais.

Depois de neutralizados e dominados pelos policias, os irlandeses foram conduzidos à 50ª Esquadra (Cascais) e, posteriormente, libertados em circunstâncias e por motivos que a própria Europol ainda desconhece.

Ainda segundo fonte da Europol, "os agentes portugueses, da PSP de Cascais, efetuaram uma interceção de alto risco que, felizmente, correu bem mas podia ter corrido muito mal para a sua integridade física".

NOTICIA RELACIONADA
+Irlandeses em fúria agridem dono de kebab 





Sem comentários:

Publicação em destaque

LIBERAIS exigem compromisso de ministro para a conclusão da ligação da Linha de Cascais à de Cintura até 2027

A Assembleia Municipal de Cascais aprovou, esta segunda-feira, uma moção apresentada pela Iniciativa Liberal (IL) que reitera a necessidade ...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA