Capitania de Cascais reforça segurança nas praias com Amarok e militares

SEGURANÇA


29 maio 2020
A Capitania do Porto de Cascais recebeu, esta sexta-feira, ao final da tarde, dois veículos  VW Amarok para reforçar a segurança nas praias nos concelhos de Cascais, Sintra e Mafra, os quais entram ação este sábado, numa primeira fase, em praias não vigiadas, como é o caso do Abano, por exemplo, confirmou, a Cascais24 o comandante Rui Teixeira.

Um dos veículos e tripulação, formada por dois elementos, fica adstrito ao concelho, entre Cascais e Carcavelos, com o apoio, no âmbito do projeto "Praia Segura" de cinco militares apeados. Já o outro fica destacado para os concelhos de Sintra e Mafra.

Recorda-se que a área de atuação da Capitania do Porto de Cascais abrange um total de 77 km de costa, distribuidos por três municípios: Cascais, Sintra e Mafra.

Segundo disse, a Cascais24, o comandante Rui Teixeira, as duas viaturas foram antregues no âmbito do projeto "Seawatch" e irão fazer circulação itinerante.

Entretanto, no âmbito do programa "Praia Segura 2020", com início previsto  para este domingo, o comandante Rui Teixeira revelou que a vigilância irá contar com 9 militares da Marinha Portuguesa, os quais irão "atuar nas áreas do aconselhamento e salvamento marítimo", para além da "dissuasão da prática de comportamentos de risco".

Estes militares da Marinha Portuguesa, ainda segundo o comandante Rui Teixeira em declarações a Cascais24, "irão incidir o patrulhamento nas praias de maior fluxo de utentes". 

O Comandante Rui Teixeira está em crer que, "nesta época balnear atípica irão prevalecer o civismo e o bom senso dos utentes das praias".

Ainda em declarações, a Cascais24, o Capitão do Porto de Cascais e comandante do Comando Local da Polícia Marítima revelou que a "Autoridade Marítima, que é a única entidade com competência de fiscalização no areal irá contar com um sistema de georreferenciação, que permitirá, em tempo real, controlar os meios no terreno e, em caso de necessidade, efetuar a sua reposição".

O Comandante Rui Teixeira acrescentou que "este é um esforço enorme por parte da Autoridade Marítima, que será implementado em conjunto com os municípios e as outras forças de segurança".

E, o Comandante Rui Teixeira deixa um alerta: "Vamos ser confrontados com uma época balnear atípica, provavelmente a mais exigente de que há memória, pelo que todos temos de fazer parte da solução".

No concelho de Cascais existem 14 praias que, neste momento, segundo a Agência Portuguesa da Ambiente (APA), podem receber cerca de 24.700 banhistas.

A praia de Carcavelos é a que maior número de banhistas pode receber: 12.100.

Finalmente, o Capitão do Porto de Cascais  deixa o apelo no sentido de "todos colaborarem com a  Autoridade Marítima Nacional e de evitarem comportamentos de risco que possam colocar em causa as suas vidas e de todos quantos arriscam para os salvar".





















Sem comentários:

Publicação em destaque

O regresso ao escritório pós-Covid: modelos e medidas a adaptar

TRABALHO .  O teletrabalho deixou de ser obrigatório desde o dia 1 de agosto em Portugal. A medida estava em vigor desde janeiro deste ano, ...

FOI NOTICIA

BLOGS