MULTIMÉDIA

Telemóvel e GNR salvam jovem em pânico que viu domicílio violado por ex-namorado

Segurança

Por Redação
09 abril 2019

Uma jovem, 23 anos, viveu momentos de pânico, este domingo, ao aperceber-se que o ex-namorado entrara no seu domicílio, através de uma janela da varanda, presumivelmente para ajustar contas, tendo-lhe valido a rápida intervenção de uma patrulha móvel da GNR de Alcabideche
Alegadamente vítima de ameaças, a jovem apercebeu-se que o ex-namorado, também de 23 anos, introduzira-se na sua habitação, depois de alcançado o telhado do prédio contíguo, a partir da qual, pelo exterior, alcançou a varanda do andar do edifício habitado pela vítima- um quinto andar.
Receando pela própria vida, a jovem conseguiu fugir, refugiando-se na casa de banho, que trancou, e a partir da qual, pelo telemóvel, ligou aterrorizada para um irmão, tendo este acionado a GNR.
Os militares de uma patrulha móvel acabaram por encontrar a jovem “ainda visivelmente assustada”.
O suspeito veio a ser intercetado e detido ainda junto da habitação da vítima.
Depois de ter permanecido nos calabouços da GNR, foi submetido a primeiro interrogatório judicial, esta segunda-feira, em Cascais, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de obrigação de permanência na sua habitação.
Imprimir


Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas