Fogo destruiu armazém da empresa JRBotas no Monte da Cabeça Gorda

Segurança

 

Por Redação
08/06/2018
Atualizada
Um incêndio, que deflagrou esta sexta-feira, ao início da noite, no Monte de Cabeça Gorda, entre o Murtal e a ribeira de Caparide, destruiu um armazém industrial da conhecida empresa JRBotas, que desde 1995 representa diversas marcas internacionais nas áreas do equipamento sanitário, mobiliário e das portas interiores.

O alerta foi dado pouco antes das oito horas da noite.

Uma elevada coluna de fumo negro, proveniente dos materiais em chamas, altamente inflamáveis, existentes no pavilhão, com mais de 2.000m2, na rua Antoine de Saint-Éxupery, foi visível a vários quilómetros.

No combate ao fogo estiveram mobilizados 41 operacionais, apoiados por 14 veículos, das corporações da Parede, Estoril, Alcabideche e Carcavelos e São Domingos de Rana.

Também o Serviço Municipal de Proteção Civil compareceu no "teatro das operações". Estas foram coordenadas pelo Adjunto de Comando dos Bombeiros de Parede, por ser o mais graduado, embora a área onde o incêndio deflagrou fosse da corporação do Estoril, comandada interinamente pelo chefe Joaquim Barbosa, que também participou nas operações.

A PSP também compareceu e, inclusivamente, fez deslocar ao local o oficial de prevenção ao Cometlis.

Os bombeiros conseguiram circunscrever, controlar e extinguir as chamas em menos de uma hora, embora tivessem permanecido no local até quase às primeiras horas da manhã de este sábado. A sua principal preocupação foi proteger as restantes instalações do complexo industrial, confinando o fogo ao pavilhão e não deixando as chamas propagarem-se, o que foi conseguido com sucesso.



Não há registo de acidentes pessoais, os estragos materiais são elevados e as chamas não puseram em risco habitações.

Não são conhecidas as causas do incêndio, sabendo-se apenas que os funcionários tinham concluído o seu dia de trabalho pelas cinco horas da tarde e deixado o pavilhão encerrado.







Noticia relacionada
ALERTA. Bombeiros combatem fogo em armazém 

Imprimir 


Sem comentários:

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE