MORREU CICLISTA VITIMA DE ATROPELAMENTO COM FUGA EM ALDEIA DE JUZO

Por Cascais24

20.03.2016
O ciclista, vítima de atropelamento com fuga, na sexta-feira, à noite, em Aldeia de Juzo, não resistiu aos graves ferimentos e acabou por falecer no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, para onde fora conduzido pelos Bombeiros Voluntários de Cascais.

Trata-se de Sérgio Paixão, que iria completar 45 anos no dia 6 de Setembro próximo. Sérgio, que deixa viúva e três filhas, vivia em Murches e trabalhava há alguns anos na panificadora Panisol.

A sua morte causou profunda consternação entre familiares, amigos e colegas e são várias as mensagens de condolências deixadas na sua página do Facebook.
Sérgio Paixão (Foto Facebook)

Conforme Cascais24 avançou em primeira mão, na sexta-feira à noite, o ciclista foi abalroado por um veículo ligeiro, cujo condutor fugiu e ainda não foi localizado e identificado pela Esquadra de Investigação de Acidentes da PSP de Cascais, segundo confirmou fonte policial.

A polícia estará na posse de informações que, em breve, poderão conduzir ao condutor assassino, mas, de acordo com outra fonte, "não é aconselhável, nesta fase da investigação, avançar com mais informação".

Sérgio Paixão, que estaria em gozo de férias, tinha saído de casa, em Murches, e dirigia-se para um supermercado próximo para fazer algumas compras, quando a sua bicicleta foi abalroada pelo automobilista, que fugiu, deixando a vítima prostrada, sem auxílio.


NOTICIA RELACIONADA

ATROPELOU CICLISTA E FUGIU  






Sem comentários:

DESTAQUE.

A escandalosa vida de Juan Carlos I que viveu infância e juventude no Estoril

EU, O REI .  Como é que Juan Carlos I, um rei com uma força icónica única na Europa, com um país aos seus pés, com a cumplicidade de certos ...

+ populares