APANHADAS.GNR de Alcabideche deslinda série de furtos em lojas em que mulheres iludiam sistemas de alarme

SEGURANÇA

Por Redação
31 julho 2020

A Secção de Inquéritos da GNR de Alcabideche acaba de deslindar uma série de furtos de peças de vestuário praticados em várias lojas de grandes superfícies comerciais, alegadamente por duas mulheres, que foram identificadas e constituídas arguidas.
Durante buscas realizadas a três domicílios, na Amadora, os militares confiscaram 470 artigos de vestuário furtado, avaliado em mais de 9 mil euros.
Foi, ainda, apreendido um saco forrado a alumínio, presumivelmente usado para iludir os sistemas de alarme das lojas, bem como três armas brancas.
Numa das residências, os militares detetaram um homem, 52 anos, que tinha na sua posse uma arma branca, tipo borboleta e que acabou por ser detido.
Já as duas mulheres suspeitas, de 48 e 52 anos, ambas com antecedentes criminais por furto, foram identificadas e constituídas arguidas.
A investigação aos furtos, a cargo da Secção de Inquéritos do Subdestacamento da GNR de Alcabideche, decorria há cerca de 7 meses.
Segundo uma nota do Comando Territorial da GNR de Lisboa, divulgada esta sexta-feira, esta ação contou com o apoio da PSP.


Sem comentários:

Publicação em destaque

DIAP de Sintra manda PJ fazer buscas à Câmara de Cascais 5 anos depois de denúncias de vereadores da oposição

Inspetores da Unidade Contra a Corrupção da PJ fizeram buscas, esta quarta-feira, de manhã, nos Paços do Concelho de Cascais e nas instalaçõ...

FOI NOTICIA

BLOGS