Bombeiros do concelho planeiam para junho mega-simulacro na serra de Sintra

Segurança

25 fevereiro 2020

Os cinco corpos de Bombeiros do concelho de Cascais estão a organizar um mega-simulacro de prevenção e combate a fogos florestais, para junho, na serra de Sintra, apurou Cascais24.

Embora uma fonte tenha assegurado a Cascais24 que “estava previsto há algum tempo”, este simulacro surge, por coincidência ou não, depois do lançamento, esta segunda-feira, da ‘Operação Floresta Segura 2020” da GNR, que teve por palco os Paços do Concelho de Cascais- o primeiro município do País a lançar esta campanha e que ficou marcada pela ausência de qualquer representante dos cinco corpos de Bombeiros do concelho.

Apesar de convidados pelo município e nada mover os corpos de bombeiros contra o município, antes pelo contrário, esta ausência não significou nada mais do que uma posição, que é “transversal a todo o País, do descontentamento dos Bombeiros Portugueses perante as politicas que têm vindo a ser adotadas pelo Estado no combate aos incêndios".

Esta segunda-feira, de manhã, frente aos Paços do Concelho de Cascais, o coronel Jorge Goulão, Comandante do Comando Territorial de Lisboa da GNR, afirmou, na oportunidade, que “esta pequena cerimónia, por mais singela que seja, tem uma grande importância para nós” e sublinhou, ainda, que “a defesa da floresta é algo que estamos perfeitamente alinhados como desígnio nacional e entendemos que é importante não só a nível da prevenção mas também ao nível do combate, onde participa a unidade de emergências militar da GNR”.

Já o chefe do executivo municipal, Carlos Carreiras, lembrou que “em Cascais sempre colocámos como prioridade a defesa e a prevenção daquilo que para nós é um ativo extremamente importante”, tendo sublinhado que “é a defesa da floresta que nos reúne a todos, assim como termos a capacidade de estarmos mais operacionais no caso de alguma eventualidade que possa acontecer”.

Na cerimónia, que contou, também, com a presença do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), dos sapadores florestais e do serviço municipal de proteção civil, Carlos Carreiras aproveitou para deixar ainda um agradecimento “à GNR que está ao serviço da população de Cascais, que tem demonstrado um profissionalismo e uma competência que reconhecemos”.

Imprimir




Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."