“BORLAS”. Estacionamento natalício não abrange 31 ruas de Cascais

Atual

Por Redação
02 dezembro 2019

Cascais volta a ter estacionamento gratuito na época natalícia, entre 28 de novembro e 6 de janeiro, aos dias de semana, a partir das 17h00, e todo o dia ao fim- de- semana e feriados, mas aparentemente são mais as ruas não abrangidas pela benesse municipal do que aquelas onde cascalenses e forasteiros podem parar os seus veículos sem pagar.

Ao todo, são 31 as artérias do chamado eixo vermelho que não estão abrangidas pela medida que o município afirma tratar-se de “um incentivo municipal para que não haja desculpas na hora de procurar presentes, ver as iluminações de Natal ou tirar partido da muita animação que o concelho oferece!”.

De acordo com o município, que sugere que “verifique sempre o parquímetro”, “a oferta está disponível em todos os parquímetros assinalados com um autocolante verde”.

Eis as 31 artérias não abrangidas pela oferta natalícia, isto é, o eixo vermelho:

  • Av. da República
  • Av. Dom Carlos I
  • Av. Dom Carlos I - Parque da Cidadela
  • Largo da Assunção
  • Pcta Domingos D'Avillez
  • Rua Luis Xavier Palmeirim
  • Rua Tenente Valadim
  • Alam. dos Combatentes da Grande Guerra
  • Alam. Duquesa de Palmela
  • Rua Dra. Iracy Doyle
  • Av. do Ultramar
  • Largo das Grutas
  • Pcta Manuel Nunes de Manique 
  • Rua Carlos Ribeiro
  • Rua Dom Francisco de Avillez
  • Rua Manuel Joaquim Avelar
  • Rua Visconde da Luz
  • Pcta Jayme Thompson
  • Av. Marginal
  • Av. de Nice
  • Rua do Parque
  • Rua Capitão Leitão
  • Rua Latino Coelho
  • Rua Luis de Camões
  • Av. da República
  • Rua José Relvas
  • Rua Miguel Bombarda
  • Rua Dr. Marques da Mata
  • Rua Sacadura Cabral
  • Praça Almeida Garret
  • Rua de Lisboa

 

“Natal mágico”


Entretanto, o site oficial do governo local de Cascais anuncia que  “Cascais vai ser novamente palco de um Natal mágico habitado por renas verdadeiras, duendes, soldados romanos e Reis Magos, um Bosque Encantado e muita animação com diversas atividades para todas as idades. E, claro, o Pai Natal, que chegou à baixa de Cascais este sábado e, pela primeira vez, com neve.

Segundo a promoção municipal, de 5 de dezembro a 1 de janeiro, durante 27 dias, “o Parque Marechal Carmona vai transformar-se na Vila Natal onde serão recriados fantásticos ambientes natalícios, cruzando o universo do Pai Natal com o imaginário do Presépio”. 

Já na Baía de Cascais volta a girar uma das maiores rodas gigante de Portugal e, ao Jardim Visconde da Luz, regressa a venda solidária, com ideias para prendas que ajudam as instituições solidárias a trabalhar no concelho. 

As iluminações de Natal também não faltam, contribuindo para criar um ambiente mais convidativo, quer na vila de Cascais, quer nas principais artérias das quatro freguesias do concelho. 

“O objetivo, diz o município, é que todos possam viver a quadra com alegria”.

Imprimir


1 comentário:

Adolfo Beneyto disse...

O estacionamento gratuito na época natalícia, entre 28 de novembro e 6 de janeiro, aos dias de semana, a partir das 17h00, e todo o dia ao fim- de- semana e feriados, é muito simpático da parte da edilidade camarária, pena não ser todo o ano, e também em outros locais.
Mas lamento que ao mesmo tempo que nos oferecem isto, foram bloquear o ESTACIONAMENTO em terra batida que existe EM FRENTE AO HOSPITAL DA CUF. Bloquearam-no há 2 ou 3 semanas, sem qualquer explicação nem sinalização. Ainda pensei que fosse para arranjar o pavimento, uma vez que está muito deteriorado e não foi arranjado no ano passado quando houve uma intervenção para desbastar os ramos dos pinheiros para facilitar o estacionamento. Mas não! Colocaram BLOCOS DE CIMENTO enormes em todas as entradas e pronto, nada mais foi feto. Como resultado, o parque de estacionamento pago da própria CUF está sempre cheio e todos os parques grátis à volta do Hospital também. O único que tem lugares é o Parque pago da Pampilheira, cujo sistema de pagamento parece ser apenas dinheiro (as indicações na entrada não são esclarecedoras e nos pontos de informação da Câmara – como no Cascais Shopping – ninguém sabe explicar). Não se entendo porque é que em Cascais, havendo estacionamento de rua pago através de Via Verde, e tendo também outros parques com pagamento por Via Verde, os parques da MOBI não utilizam também a Via Verde. Acho que se já existe um sistema “universal”, simples, prático e eficaz que a maioria dos automobilistas já possui, é absurdo que o sistema não seja utilizado pela MOBI e que tentem inventar sistemas locais que funcionam mal ou nos obriguem a utilizar notas e moedas.

Publicação em destaque

BOMBEIROS de Parede salvam canídeo de poço. Veja o vídeo do resgate

CANÍDEO aguarda pelo socorro (Créditos: BVParede) RESGATADO COM SUCESSO . Um canídeo foi resgatado, esta quarta-feira, de manhã, pelos Bomb...

FOI NOTICIA

BLOGS