Trabalhador do Centro Hípico chama polícia por agressão a murro e à bastonada

Segurança

Por Redação
Um homem, de 28 anos, foi agredido a murro e à bastonada, este domingo, à tarde, no Centro Hípico da Costa do Estoril, onde trabalha.

Os alegados agressores, segundo o trabalhador contou à PSP, terão sido dois indivíduos, familiares de um jovem com quem a vítima terá tido há algum tempo uma quezília.

Segundo fonte do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Cometlis) disse, a Cascais24, a polícia foi acionada pelas 15h20 para alegadas agressões nas instalações do centro hípico, situado na avenida da Charneca, entre Cascais e a Malveira da Serra.

Chegados ao local, os agentes da patrulha móvel da PSP de Cascais contataram o trabalhador, o qual, na presença de testemunhas, contou que tinha sido agredido momentos antes por dois indivíduos que, entretanto, tinham abandonado o recinto.

De acordo com o trabalhador, os dois homens aproximaram-se dele e, sem que nada o fizesse prever, agrediram-no a murro e com um bastão.

O homem afirmou, ainda, à polícia de que iria posteriormente dirigir-se ao hospital pelos seus próprios meios para ser assistido a algumas escoriações.



Imprimir

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."