LESLIE. Autoridade Marítima alerta concessionários para riscos e Proteção Civil de Cascais despreza cascalenses

Segurança

Por Redação
13/10/2018
Os concessionários de praias e espaços de veraneio, próximos da orla marítima, foram alertados pela Autoridade Marítima Nacional para os riscos do furacão "Leslie", confirmou, esta noite, a Cascais24, Pereira da Terra, comandante da Capitania do Porto de Cascais.

De acordo com Pereira da Terra, os concessionários foram alertados para "recolher equipamentos" que pudessem estar expostos à depressão "Leslie".

Segundo Pereira da Terra, o efetivo da Polícia Marítima de Cascais "está de prevenção", pronto a acudir a qualquer eventualidade, além de que, nas últimas horas, "tem procurado sensibilizar para os riscos da intempérie".

Costa da Guia avisada
O espaço de negócio da Costa da Guia foi aconselhado este sábado, ao início da noite, para encerrar, devido ao "Leslie".

Situado entre a Boca do Inferno e o Guincho, o espaço da Costa da Guia, onde proliferam diversos estabelecimentos, sobretudo de restauração, foi aconselhado a encerrar pelas forças de segurança pública.

Segundo Cascais24 apurou, aconselhamento idêntico foi sugerido nas praias da Azarujinha, Poça, Moitas e Tamariz.

Entretanto, a Marginal, entre Paredee e Carcavelos, num troço de cerca de quilómetro e meio, conforme Cascais24 avançou em primeira mão, continua interdita à circulação rodoviária, por tempo indeterminado.

Proteção Civil em silêncio
Responsáveis pelo Serviço Municipal de Proteção Civil de Cascais que, presumivelmente, até ao final da tarde, ainda não dispunham de um plano de socorro efetivo para acudir a qualquer eventualidade na sequência do furacão "Leslie", continuam sem prestar contas à população cascalense!

"Não conheço qualquer plano...Você conhece?", questionou um comandante de Bombeiros de Cascais ao ser interpelado por Cascais24.

Vergonha e...impunidade!
Sem sucesso, durante este sábado, de tarde, Cascais24 procurou contatar responsáveis pela Proteção Civil de Cascais para procurar saber quais os meios em prontidão para acudir às consequências do "Leslie" na região.

Mais de uma dezena de telefonemas foram efetuados para Carlos Mata, diretor de serviços, e outros tantos para Carlos Estibeira, chefe de divisão da mesma Proteção Civil, que concilia a tarefa paga pelos munícipes cascalenses com o cargo alegadamente de voluntário como 2.º Comandante dos Bombeiros de Cascais!

Perante o silêncio de estes senhores, com responsabilidades na vida pública cascalense, Cascais24 optou por contatar com a coordenadora da Proteção Civil, Maria do Céu Garcia, a qual, encontrando-se numa festa de baptizado, comprometeu-se a que um dos seus subordinados entraria em contato com Cascais24. 

Continuamos a aguardar! Já lá vão algumas horas!!!!
Imprimir









MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."