Assalto "relâmpago" a joalheria no CascaiShopping foi obra de "profissionais"

Por Redação Cascais24

01.09.2016
"Um golpe planeado e executado por profissionais", foi como uma fonte policial classificou a Cascais24 o ataque, esta quarta-feira, ao final da noite, à Torres Joalheiros, no CascaiShopping, em Alcabideche, levado a cabo em menos de um minuto por dois encapuzados armados, enquanto um terceiro cúmplice aguardava junto de duas motos, nas quais fugiram com muitos milhares de euros em relógios e jóias caras.

Faltavam cerca de quinze minutos para as onze horas da noite, quando dois desconhecidos, encapuzados com passa montanhas a cobrir-lhes os rostos e armados, entraram na luxuosa joalheria situada perto da FNAC e da Worten, no conhecido e movimentado centro comercial.

Com uma marreta, que acabaram por abandonar na fuga, quebraram várias vitrinas, de onde roubaram relógios rolex e jóias.

Os dois únicos funcionários da joalheria assistiram a tudo, impotentes e neutralizados pelos assaltantes, que foram "extremamente rápidos". O ataque não terá demorado mais do que um minuto.

Um assalto que apanhou de surpresa a segurança do CascaiShopping e lançou o pânico entre dezenas de clientes, não havendo, no entanto, registo de feridos. 

Com o produto do roubo que, segundo tudo indica, pode ser milionário, os dois assaltantes dirigiram-se para a saída, relativamente perto, onde os aguardava o cúmplice, este com o rosto coberto por um capacete integral, que ficara de guarda às duas potentes motos, nos quais empreenderam a fuga a alta velocidade.

Lançado o alerta às autoridades, forças da GNR de Alcabideche avançaram para o local e lançaram na região uma "caça" aos assaltantes, no entanto, sem sucesso até ao momento.

Segundo fonte da GNR disse a Cascais24, foi acionado todo o dispositivo em Alcabideche e Sintra, além de ter sido lançado um alerta geral também para a PSP para toda a região metropolitana de Lisboa.

Assaltante visto a rondar

Um dos dois "operacionais" que atuou diretamente no assalto à conhecida joalheria terá sido apanhado pelas câmaras de video vigilância da central de segurança do CascaiShopping, soube, ainda, Cascais24.

O indivíduo terá sido filmado a rondar a joalheria momentos antes do assalto e de cobrir o rosto com o passa-montanha, que traria num dos bolsos da roupa que envergava. A ele juntou-se o cúmplice.

Entretanto, uma equipa de peritos do Laboratório de Polícia Científica e uma brigada de inspetores da Brigada Antirroubo da Polícia Judiciária (PJ) da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo compareceu na Torres Joalharia depois da meia-noite para recolher vestígios e os depoimentos dos dois funcionários, bem como para recolherem as imagens de vídeo-vigilância.

Noticias relacionadas 

ALERTACascais24. Assaltantes de ourivesaria no CascaiShopping fugiram de moto















2 comentários:

Anónimo disse...

Perto da fnac e worten?? Ficam no lado oposto da joalharia. Ao fim de cerca de 5anos um novo assalto...

Anónimo disse...

É verdade. É escrever sem saber o que dizem. Com esforço a ourivesaria é ao pé dos cinemas

DESTAQUE.

A escandalosa vida de Juan Carlos I que viveu infância e juventude no Estoril

EU, O REI .  Como é que Juan Carlos I, um rei com uma força icónica única na Europa, com um país aos seus pés, com a cumplicidade de certos ...

+ populares