Villa romana de Freiria vai ser recuperada

Atual


A villa romana de Freiria, declarada como imóvel de interesse público desde 1990 na freguesia de São Domingos de Rana, vai ser alvo, dentro de uma semana, de trabalhos de limpeza e de restauro pontual de algumas das suas estruturas, anunciou a Câmara Municipal de Cascais.
  
Esta intervenção inicial, ainda segundo a autarquia, terá continuidade com a substituição da vedação e dos portões de acesso, em todo o perímetro arqueológico, a implantação de um circuito de visita pedonal estruturado, que permita oferecer um percurso lógico, didático e seguro, e a criação de plataformas de acolhimento e informação, que ofereçam condições para receber e informar grupos de visitantes.

A requalificação deste património será acompanhada por um programa de animação, a desenvolver ao longo de 2018, com o objetivo de consolidar o enfoque cultural e turístico sobre a vila romana de Freiria, acrescenta, ainda, o município que, ao longo do último ano, elaborou o projeto de requalificação, com apoio de fundos comunitários.

A villa romana de Freiria foi declarada em 1990 como “imóvel de interesse público, por ser uma referência do património arqueológico nacional e peninsular, que importa preservar e promover.

O sítio implanta-se numa das encostas do vale, entre o Outeiro e Polima, na freguesia de São Domingos de Rana, junto de uma pequena linha de água, subsidiária da Ribeira da Lage, numa área de abundantes recursos hídricos e de elevado potencial agrícola.

Sem comentários:

DESTAQUE. 29 cães em risco resgatados em Carcavelos

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE