PS considera que Isabel Guerra perdeu “ideal de independência” e “subordina-se à maioria de direita que tanto criticou”

Atual

Por Redação

Reagindo à atribuição de pelouros à vereadora independente eleita nas listas do PS, a Concelhia Socialista de Cascais, liderada por Luís Miguel Reis, considerou, esta quarta-feira que, “ao aceitar pelouros no executivo liderado por Carlos Carreiras, Isabel Guerra deita por terra qualquer ideal de independência, que a própria alegava ter, e subordina-se à maioria de direita que, até agora, tanto criticou”.

O convite a independentes nas autárquicas 2017 insere-se na longa tradição socialista, que o PS Cascais quis honrar, conferindo ao nosso programa contributos diferenciados e enriquecedores, permitindo que a candidatura Trabalhar por Cascais se afirmasse como a melhor e mais abrangente alternativa ao poder instalado no nosso concelho há 17 anos”, diz o PS em comunicado. 

“Como é agora percetível, nem todos encarámos este projeto da mesma forma”, adianta a nota, segundo a qual “importa deixar claro que esta é uma decisão que carateriza única e exclusivamente a vereadora em questão, não vinculando de modo algum o PS nem a candidatura Trabalhar por Cascais, sendo aliás uma opção pessoal em tudo contraditória ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido e que pretendemos continuar a realizar”.

O comunicado do PS assinado por Luís Miguel Reis, sublinha, ainda, que “importa realçar que os pelouros que agora alegadamente terão sido atribuídos à vereadora Isabel Guerra foram criados propositadamente para este efeito, não tendo enquadramento programático e instrumentalizando áreas de atuação da Câmara Municipal de Cascais, algo a que esta governação, infelizmente, já nos habituou”.

Por último, o PS de Cascais sublinha que “reforçamos que a inclusão da pessoa em questão na nossa candidatura foi voluntária e para unir/reforçar laços que permitissem robustecer a alternativa à coligação Viva Cascais, do PSD/CDS”. 

A vereadora independente eleita nas listas do PS nas últimas eleições de 1 de outubro Isabel Guerra, confirmou esta quarta-feira, à tarde, a Cascais24, o convite, que aceitou, para ocupar os pelouros da Igualdade do Género, Inovação Social e Proteção de Menores no executivo da maioria liderado por Carlos Carreiras.

"Confirmo o convite e confirmo que aceitei, pois não poderia perder a oportunidade de trabalhar por Cascais", declarou Isabel Guerra ao Cascais24.










Imprimir

2 comentários:

Anónimo disse...

A culpa é dos outros já se sabe.
Mas quem propôs esta senhora e outras que tais foi o PS. E na base de que acordo? Certamente que foi assim um «cada um faz o que quiser» pois é isso que se tem visto dos eleitos do ps na Câmara e na Assembleia. É a habitual desorientação do ps que já alguém aqui disse mais parece que tem um acordo para proteger a vida ao Carlos Carreiras.O resto é só conversa..-.
A Bem de Cascais.

Anónimo disse...

Algo de muito estranho se passa na suposta democracia em Cascais .
Relembremos a história passada mas viva, de uma Quinta ( dos Ingleses) * Carcavelos , que era verde , e que teve como origem a validação do projecto desempatado por apenas um voto, pela então presidente da junta de Freguesia de Cascais e Parede , Srª Zita Costa Silva, contra a vontade dos cascalenses da freguesia ...como foi tudo isto possivel ?
O assédio politico em mais um caso, desta vez com a vereadora independente do PS, que na campanha eleitoral disse umas coisas, e decorridos meia dúzia de meses diz e pratica outras , configura uma politica similar usada na América do Sul.
Basta de privilégios, mordomias, frotas luxuosas de carros, as reformas vitalicias, os milhões que os partidos politicos parlamentares recebem todos os anos, grupos amigos de assessores, contratações principescas sem recurso a concurso público e/ou crivo do Tribunal de Contas ....e ainda querem a descentralização de poderes para as autarquias ....então seria o descalabro para os contruibuintes / municipes .
E o presidente da Cãmara não emite uma sílaba sobre este assunto ?
Estranha forma de fazer politica sul americana em Cascais .

The Real A BEM DE CASCAIS

Publicação em destaque

FUNCIONÁRIA do Modelo Continente de Tires salva cliente de 81 anos em paragem cardiorrespiratória

HEROÍNA .  Ao aplicar os seus conhecimentos de suporte básico de vida, com a ajuda de um desfibrilhador, até à chegada dos Bombeiros de Pare...

FOI NOTICIA

BLOGS