Grades cercam clínica e impedem acesso de doentes de hemodiálise no Monte Estoril

Atual


Por Redação

Vários doentes viram este sábado o acesso dificultado e até condicionado à clínica Diaverum, no Estoril, onde realizam tratamentos de hemodiálise, devido à presença de grades de proteção, colocadas com mais de 24 horas de antecedência para o jogo entre o Estoril Praia e o Sporting.


Foram muitos os que manifestaram a sua “enorme indignação” nas redes sociais, onde alguns chegaram mesmo a publicar vídeos e algumas fotografias daquilo que alguns classificam como “Portugal no seu melhor e viva o desporto rei” ou, ainda, “as palavras pouca vergonha, são débeis e gastas”.


“Colocar barreiras frente à entrada principal de uma Clínica, onde fazem tratamento indispensável, muitas dezenas de doentes, e onde o passeio está rebaixado, como é óbvio, apenas nesse local, pois o tratamento diário e em vários turnos, muitas dezenas de pessoas que só caminham acompanhadas, com bengalas ou canadianos e, o pior de tudo, são os muitos doentes que são transportados em cadeira de rodas (é o meu caso)”, lamenta Marcelino Carvalho, um dos doentes que viu o acesso condicionado.


Este sábado, a revolta atingiu tamanha dimensão que a PSP foi chamada a intervir para retirar as grades, nas quais, curiosamente, estão afixadas fitas da GNR com o símbolo de interdição. 


“O que aconteceu este sábado não foi único, pois é uma prática habitual em dias ou na véspera de jogos”, alertou um outro doente, que pediu o anonimato.


“Neste pobre Portugal tudo vai de mal a pior e quem mais sofre, é quem mais precisa...Haja respeito pelos mais desprotegidos”, pede-se, igualmente, num dos muitos posts publicados nas redes sociais, que condenam a situação.

O Centro de Hemodiálise Diaverum funciona de segunda-feira a sábado, na rua Dom Bosco, no Monte Estoril, paredes meias com um dos principais acessos ao Estádio Municipal António Coimbra da Mota.





Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."