Aterrorizava companheira em Cascais por causa de venda de terreno no Brasil

JUSTIÇA

ARGUIDO foi colocado em liberdade

Por REDAÇÃO
13 março 2021 | 22h53

Um homem, cuja idade e nacionalidade não foram divulgadas, foi detido há dias pelas autoridades e libertado por um juiz de Instrução Criminal de Cascais depois de andar a aterrorizar a companheira, intimidando-a a entregar-lhe o dinheiro obtido com a venda de um terreno Brasil.


O Ministério Público junto do Tribunal de Cascais não revelou qual o montante em causa, nem sequer dados relacionados com a alegada vítima.

No entanto, uma nota da Procuradoria-Geral Regional de Lisboa revela que o arguido está indiciado pela prática de um crime de violência doméstica na pessoa da sua companheira.

Ainda de acordo com a mesma nota, “no essencial resultou suficientemente indiciado que o arguido, desde que teve conhecimento da venda, pela vítima, de um terreno no Brasil que a vem intimidando para que a mesma divida com ele a quantia recebida, provocando-lhe medo e inquietação”.

“Por diversas vezes a humilha e ofende, para além de a molestar física e psicologicamente”, adianta o Ministério Público.

O arguido ficou a aguardar os ulteriores termos do processo sujeito à medida de coação de obrigação de apresentações periódicas.

O inquérito em curso está a cargo do DIAP de Cascais, conclui a nota da Procuradoria-Geral Regional de Lisboa, sem adiantar quaisquer outros pormenores.



 

 


1 comentário:

Da Serra disse...

Mais uma vez a "Justiça" está de parabéns. Rua com o criminoso para ele tornar a fazer o mesmo!

Publicação em destaque

BOMBEIROS de Parede salvam canídeo de poço. Veja o vídeo do resgate

CANÍDEO aguarda pelo socorro (Créditos: BVParede) RESGATADO COM SUCESSO . Um canídeo foi resgatado, esta quarta-feira, de manhã, pelos Bomb...

FOI NOTICIA

BLOGS