Associação dos Bombeiros de Cascais apoia antigo inspetor-geral da ASAE para liderar Liga dos Bombeiros Portugueses

ATUAL

OFICIALMENTE, a Associação dos Bombeiros de Cascais apoia Nunes para a Liga
06 março 2021 | 16h55
A Associação Humanitária dos Bombeiros de Cascais é a primeira, até ao momento, no concelho de Cascais, a tornar público o seu apoio oficial ao antigo inspetor-geral da ASAE António Nunes para a presidência da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Num post publicado na sua página do Facebook refere-se que “a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cascais, vem por este meio, oficialmente, apoiar a candidatura de António Nunes à Liga dos Bombeiros Portugueses!”.

Recorda-se que o presidente da direção da Associação dos Bombeiros de Cascais, Rui Rama da Silva, é o segundo vice-presidente do Conselho Executivo da Liga liderada há alguns anos por Jaime Marta Soares.

Cascais24 procurou, mas sem sucesso, este sábado, contatar Rui Rama da Silva para obter uma declaração.

Entretanto, as restantes quatro Associações Humanitárias de Bombeiros do concelho de Cascais ainda não tomaram qualquer posição pública sobre quem irão apoiar, por ser "muito prematuro".

A Liga dos Bombeiros Portugueses vai a votos em outubro próximo.

António Nunes é o primeiro a assumir a intenção de suceder ao atual presidente, Jaime Marta Soares.

O estatuto social dos bombeiros, a Escola Nacional, o financiamento e o regresso a um comando único estarão entre as suas prioridades.

Assegurou, recentemente, que não avança em confronto com Jaime Marta Soares: "Não nos candidatamos contra ninguém", mas "seremos capazes de protagonizar um novo rumo para a Liga".

Para já, no entanto, desconhece-se qual a composição da equipa de António Nunes que, em fevereiro último, foi eleito presidente da mesa da Assembleia Geral do Observatório dos Bombeiros Portugueses. 

ANTÓNIO Nunes é o candidato às eleições de outubro

António Manuel Marques Nunes, 66 anos, licenciado pelo Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica foi, em 2006, na sequência de um louvor atribuído pelo então secretário de Estado da Administração Interna, Ascenso Simões, um “servidor público com um longo percurso em áreas tão diversas que fazem dele uma das personalidades mais capazes e competentes da Administração Pública”.

Nunes notabilizou-se perante a opinião pública enquanto primeiro Inspetor-Geral da ASAE, graças às ações mediáticas e até inéditas levadas a cabo no combate às infrações na área.

Todavia, António Nunes foi presidente do Serviço Nacional de Bombeiros, antecessor da Autoridade Nacional de Proteção Civil e Diretor-Geral da extinta Direção Geral de Viação, onde sucedeu em janeiro de 2001 a Amadeu Pires.

O antigo Inspetor-Geral da ASAE, cargo que desempenhou entre 2006 e 2013, é atualmente presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT), tendo sucedido no cargo ao antigo ministro da Administração Interna e diretor geral do SIS Rui Pereira, que fundou este Observatório em 2003.



 


Sem comentários:

Publicação em destaque

LIBERAIS exigem compromisso de ministro para a conclusão da ligação da Linha de Cascais à de Cintura até 2027

A Assembleia Municipal de Cascais aprovou, esta segunda-feira, uma moção apresentada pela Iniciativa Liberal (IL) que reitera a necessidade ...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA