Assalto com sequestro

JUDICIÁRIA DETÉM DOIS SUSPEITOS EM TEMPO RECORDE


 
01.10.2015
A Polícia Judiciária (PJ) identificou, localizou e deteve em tempo recorde dois dos três homens, indiciados pela prática de crimes de roubo e sequestro, de que foi vítima um homem, de 59 anos, no seu apartamento, na Avenida General Carmona, no Estoril, esta terça-feira à noite.
 
A investigação dos inspetores da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo da PJ resgataram, ainda, alguns dos valores roubados, no montante de mais de 40 mil euros.
 
Os dois suspeitos detidos, de 21 e 23 anos, deverão ser presentes esta quinta-feira a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Cascais para aplicação das adequadas de medidas de coação.
Conforme Cascais24 noticiou, os assaltantes introduziram-se no domicílio, depois da saída da empregada, por volta das 23h00 de terça-feira.
 
Agrediram o locatário e fecharam-no na casa de banho, tendo posteriormente fugido com joias, ouro e, entre outros bens, vários relógios.
 
O locatário foi depois libertado pelo próprio porteiro do edifício, situado perto do Casino do Estoril, que acudiu aos seus gritos de auxílio.
*Cascais24
 
 
 

 TRIO ARMADO ASSALTA CASA, AGRIDE E FECHA LOCATÁRIO NA CASA DE BANHO


 
30.09.2015
Três desconhecidos, um deles armado com uma pistola, tomaram de assalto uma residência no Estoril, esta terça-feira à noite, e agrediram e fizeram refém o locatário, que foi sequestrado na casa de banho.
 
Os assaltantes, que atuaram de rosto a descoberto, terão aproveitado a saída da empregada de limpeza, pelas 23h00, para entrarem no apartamento, na Avenida General Carmona, perto do Casino do Estoril.
 
Agrediram o locatário, que sofreu cortes nas mãos e alguns hematomas no rosto, e fecharam-no na casa de banho, seguindo-se depois a procura de valores.
 
O trio terá fugido posteriormente com joias, ouro e relógios, no valor presumível de alguns milhares de euros.
 
O locatário acabou por ser libertado pelo porteiro do edifício de apartamentos, que acudiu aos gritos de socorro.
 
Fonte policial disse ao Cascais24 que a vítima, apesar de ferida, não necessitou de receber tratamento hospitalar.
 
Para além da PSP do Estoril, que fez deslocar uma patrulha móvel, compareceu a Polícia Judiciária (PJ), que tomou a seu cargo a investigação.
*Cascais24

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."