Apanhado pelo SEF em Cascais com passaporte falso da Guiné

SEGURANÇA

Por REDAÇÃO
25 setembro 2020

Um cidadão da Guiné-Conacri, de 26 anos, foi intercetado por inspetores adjuntos do SEF de Cascais e detido por ter-se identificado com um passaporte falso da Guiné, confirmou, a Cascais24, fonte oficial do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

O homem foi abordado esta quinta-feira, no decurso de uma operação de fiscalização na via pública, no centro de Cascais.

Identificou-se com um passaporte falsificado, emitido pela República da Guiné.

O documento apresentava fortes indícios de falsificação por substituição da página biográfica, a qual veio-se a apurar, depois de análise pericial, ser toda ela contrafeita.

O cidadão estrangeiro foi detido e notificado pelo Tribunal, no âmbito do processo de Inquérito que lhe foi atribuído, a fim de ser ouvido e lhe serem determinadas as medidas de coação.

Segundo apurou Cascais24, os inspetores-adjuntos da Delegação de Cascais do SEF têm vindo a intensificar, através de ações inopinadas, o controlo de cidadãos estrangeiros na região.



 

 

 

 


1 comentário:

Da Serra disse...

Medidas de coaação?
A única medida é ser recambiado para a terra dele.

Publicação em destaque

DIAP de Sintra manda PJ fazer buscas à Câmara de Cascais 5 anos depois de denúncias de vereadores da oposição

Inspetores da Unidade Contra a Corrupção da PJ fizeram buscas, esta quarta-feira, de manhã, nos Paços do Concelho de Cascais e nas instalaçõ...

FOI NOTICIA

BLOGS