FOTOS exclusivas do assalto com carro a joalharia do CascaiShopping

VEÍCULO usado pelo gangue para arrombar a montra da Torres Joalheiro (Crédito: Exclusivo | Cascais24Horas)

As autoridades continuam a procurar identificar e localizar o gangue que tomou de assalto com um veículo o CascaiShopping, à meia noite do primeiro dia do novo ano, para roubar relógios caros e jóias da Torres Joalheiros, conforme Cascais24Horas avançou este domingo em primeira mão. O grupo deixou o carro de ataque no local, presumivelmente roubado, e fugiu num outro que estava no exterior. À hora do ataque, a equipa de segurança do centro comercial estaria a celebrar a passagem do ano num dos pisos superiores e a GNR de Alcabideche estaria em troca de turno dos militares. É possível que os assaltantes estivessem a par de todos estes pormenores. Os prejuízos com este assalto estarão calculados em milhares de euros. Entretanto, o CSI da GNR esteve a fazer perícias no veículo abandonado pelos assaltantes no interior do centro comercial. Já em setembro de 2016, a Torres Joalheiros tinha sido assaltada por dois encapuzados, que partiram as montras à marretada e fugiram em dois motociclos. | Atualizada às 15h50

CSI da GNR faz perícias no veículo usado no assalto (Crédito: Exclusivo | Cascais24Horas)


2 comentários:

Anónimo disse...

Porque colocam fotos de alguém trabalhar?

Anónimo disse...

Penso o mesmo do comentário acima. Como tiram fotos de alguém a trabalhar, sendo que o shopping estava fechado. O que me leva a crer que para além de incompetência de quem lá trabalha,existe algum conluio. A mesma joalheria assaltada 3 vezes no mesmo shopping, dá que pensar...

Publicação em destaque

SISMOS o que fazer...

DICAS PREVENTIVAS |  Com o mais recente evento sismológico da Turkia e na Síria a pergunta que devemos fazer é se nós os Portugueses estamos...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA