POLÍCIA Marítima detém agressor de homem ainda desaparecido na Boca do Inferno

NOTÍCIACascais24Horas | O homem que está dado como desaparecido desde esta quarta-feira, à noite, na Boca do Inferno, em Cascais, terá sido agredido por um outro, na sequência de uma discussão, e caído ao mar e ainda não foi encontrado apesar das buscas na área, por mar e terra. Trata-se de um homem, com cerca de 40 anos, oriundo da região de Amadora. O alegado agressor foi, entretanto, detido pela Polícia Marítima de Cascais e deverá, ainda esta noite, ser entregue à Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo, entretanto acionada e encarregue da investigação | Atualizada às 21h55

Sem comentários:

Publicação em destaque

TRIPULANTE russo de navio mercante resgatado depois de queda a bordo

Um cidadão de nacionalidade russa, 55 anos, tripulante de um navio mercante de pavilhão de Antígua e Barbuda, foi resgatado esta segunda-fei...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA