PROCURADORA do MP de Beja pede absolvição de casal de Cascais por alegada burla em hotel rural de luxo

A procuradora do Ministério Público (MP) de Beja pediu, esta quarta-feira, a absolvição de um agente principal da Divisão de Cascais da PSP, 39 anos, e da sua mulher, 43 anos, que estão a ser julgados pela prática em coautoria material de um crime de burla de mais de 2.500 euros alegadamente praticada durante a estadia de um fim-de-semana na Herdade da Malhadinha Nova- uma das unidades mais luxuosas da região de Beja, situada em Albernoa, noticia o jornal online "Lidador Notícias".  

Sem comentários:

Publicação em destaque

FERIDO grave em colisão na Marginal teve que ser desencarcerado

SAIBA mais  

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA