CASCAIS na rota de cibercrime transnacional que rendeu mais de 1 milhão em período crítico de Covid19

Cascais, Amadora, Loures e Lisboa, na Região Metropolitana da capital, Almada e Setúbal na Margem Sul e Espinho e Porto no Norte do País foram os concelhos nos quais a PJ, em articulação com a 3ª Secção do DIAP de Cascais, lançou uma vasta operação de combate ao cibercrime transnacional, que rendeu a um grupo organizado de portugueses e estrangeiros mais de 1 milhão e 300 mil euros. 

Sem comentários:

Publicação em destaque

FERIDO grave em colisão na Marginal teve que ser desencarcerado

SAIBA mais  

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA