TRIBUNAL confirma preventiva para 7 membros do gangue "AKJ" e liberta outros 13

JUSTIÇA. Apenas 7 dos 20 membros do gangue "AKJ", presumível autor de uma vaga de crimes violentos no concelho de Cascais e desmantelado esta semana pela Polícia Judiciária (PJ), viram confirmadas esta sexta-feira, à tarde, a prisão preventiva pelo juiz de Instrução Criminal de Cascais, apurou Cascais24. Os restantes 13 membros do grupo saíram em liberdade, embora também com medidas de coação | Em atualização às 17h29

Sem comentários:

NOTÍCIAS MAIS LIDAS nos últimos 7 dias