Funcionário do fisco julgado por tráfico revela que gasta 150 euros por mês em haxixe porque serve de "calmante"

JUSTIÇA
Um funcionário sénior da Autoridade Tributária e Aduaneira, que começou a ser julgado no Juízo Central Criminal do Palácio da Justiça de Cascais, por alegado tráfico de estupefacientes, revelou ao tribunal que gasta todos os meses 150 euros para comprar haxixe, destinado ao seu consumo, porque funciona como “relaxante e calmante”. 

Sem comentários:

+ populares

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

MULTIMÉDIA.SAÚDE