PJ investiga morte de Paulo Marcelino com família a afastar hipótese de suicídio e a acreditar que houve crime

A Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo está a investigar a morte do homem que, em abril, foi visto pela última vez com vida na estação de comboios de São João do Estoril e, cinco dias depois, foi encontrado a boiar na praia da Fonte da Telha, confirmou, a Cascais24, uma irmã de Paulo Marcelino.
LER MAIS

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."