Irmãos nepaleses que viviam em Carcavelos morrem na Boca do Inferno


Comandante Rui Pereira da Terra
São cidadãos nepaleses e, aparentemente, irmãos, com idades entre os 30 e os 40 anos, que viviam em Carcavelos, os dois pescadores lúdicos que, este domingo, ao início da tarde, encontraram a morte na Boca do Inferno, apurou Cascais24. Os corpos foram encontrados e resgatados cerca de hora e meia depois do alerta e transportados para a Marina de Cascais pela lancha da Estação Salva Vidas Rainha D. Amélia, disse, a Cascais24, Rui Pereira da Terra, comandante do Comando Local da Polícia Marítima, que coordenou as operações de busca nas quais estiveram envolvidos 35 operacionais, quer da Autoridade Marítima, da PSP, dos Bombeiros de Cascais e de Alcabideche, além da Proteção Civil Municipal. Atualizada.

Sem comentários:

Publicação em destaque

VENTOS de mudança

OPINIÃO |  A democracia não é um dado adquirido porque se constrói todos os dias. Cabe-nos a nós democratas sermos rigorosos nas nossas pre...

FOI NOTICIA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA

UM JORNAL QUE MARCA A DIFERENÇA