Operação antidroga da GNR pôs 11 atrás das grades e 7 em liberdade proibidos de entrar em bairros sociais de Cascais

Onze detidos em prisão preventiva, entre os quais um guarda prisional da cadeia de Caxias e 7 outros arguidos em liberdade, mediante TIR e proibição de contatos entre si e de entrarem em bairros sociais de Cascais, foram as medidas de coação acabadas de ser aplicadas aos 18 suspeitos detidos na megaoperação antidroga da GNR, denominada "Fonte 2765", lançada esta segunda-feira em Cascais e outros concelhos da região metropolitana de Lisboa. Um funcionário municipal, de 54 anos, que ficou conhecido pelo "rebocador", faz parte do número de arguidos que saíram em liberdade, apurou Cascais24.

1 comentário:

Anónimo disse...

E o tráfico continua.. exatamente com as mesmas pessoas e no mesmo sítio. No bairro da torre por exemplo, onde tem a pintura do autocarro 404, é bastante comum ver jovens a vender droga, não só a noite como em plena luz do dia.. agora eu pergunto.. a polícia não vê? Não sabe? Eu que passo por lá 1x por semana assisto a situações dessas quase sempre... infelizmente o tráfico de drogas nunca vai acabar.. o dinheiro que está por trás de tudo isso faz com que os “grandes” fechem os olhos..

Publicação em destaque

FUNCIONÁRIA do Modelo Continente de Tires salva cliente de 81 anos em paragem cardiorrespiratória

HEROÍNA .  Ao aplicar os seus conhecimentos de suporte básico de vida, com a ajuda de um desfibrilhador, até à chegada dos Bombeiros de Pare...

FOI NOTICIA

BLOGS