PJ CHAMADA A INVESTIGAR FOGO EM MURCHES

DESTAQUE
*A Polícia Judiciária (PJ) vai agora investigar a origem do violento incêndio que lavrou esta terça-feira, durante quatro horas, em Murches, Alcabideche. O fogo, que destruiu cerca de 50 hectares de mato e fez dois feridos ligeiros entre os bombeiros, deflagrou, curiosamente, no dia em que a Câmara Municipal de Cascais fez uma visita ao Parque Natural Sintra/Cascais, durante a qual apresentou as politicas e os resultados intermédios de combate a incêndios na época estival. No combate às chamas, que chegaram a ter duas frentes ativas, estiveram mobilizados 257 bombeiros, apoiados por 76 veículos e quatro meios aéreos. O incêndio nunca chegou a pôr em risco o Centro Social do Pisão, nem casas de habitação, apesar de as ter rondado, para o que contribuiu a proteção dos bombeiros. Vários troços de estrada foram também cortados pelas autoridades, GNR e PSP. O vento forte foi o pior inimigo dos "Soldados da Paz" no combate a este fogo- o maior este ano registado na região metropolitana de Lisboa.
 
 

Sem comentários:

MAIS PROCURADAS

MULTIMÉDIA.SAÚDE

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."