Os munícipes de Cascais também querem ser amigos de Carreiras!


                                                                                    21 JANEIRO 2019

Há uma verdade indesmentível – Carlos Carreiras é amigo do seu amigo.

E tem demonstrado esta qualidade até à exaustão.

Os exemplos repetem-se mas, Carreiras para os amigos não faz por menos o que pode fazer à grande.

Os amigos da Chabad precisavam de um terreno a “bom preço” e Carreiras contra tudo e contra os moradores da Guia aceitou transformar um espaço verde numa sede para os amigos.

A nova amizade de Alves Ribeiro permitiu que aprovasse a enormidade que é o Plano de Pormenor Sul Carcavelos com a urbanização dos terrenos que vão da estação de Carcavelos à praia, com volumetrias e densidades que não lembram um careca, mesmo com toda a contestação que uma boa parte da população daquela freguesia fez sentir.

Também em Carcavelos, um conjunto de amizades mais multifacetada, que engloba a Universidade Nova, a Jerónimo Martins, a Sonae e outros interesses, fez com que Carreiras expropriasse um terreno por tuta e meia (162.000 €) para ali instalar a School of Business & Economics mesmo correndo o risco que a contestação apresentada pelo legítimo proprietário do terreno venha a ser reconhecida em Tribunal e a Câmara tenha que pagar 8 milhões de euros pelo terreno!

Há amizades que valem tudo. Que o diga Carlos Carreiras…

A amizade com Filipe Botton e Alexandre Relvas também já deu resultados. O estranho negócio da instalação da fábrica Santini no antigo Mercado de Carcavelos fez correr muita tinta e a dança, avanços e recuos dos terrenos no final da A5, propriedade de um fundo de investimento liderado pelos dois empresários, onde esteve para ser instalada a escola da Fundação Aga Khan abortou “in extremis” porque a Fundação apenas queria instalar a escola, mas dispensava a polémica.

Godinho Lopes tem usufruído de muitos gestos de amizade de Carlos Carreiras. Foi o antigo Estoril Sol, foi o Hotel Atlântico e agora o empreendimento nos terrenos envolventes do Jumbo Cascais.

Godinho pede, Carreiras dá.

Podíamos ainda apresentar mais algumas amizades mas convirá deixar um espaço de reflexão para os que não são amigos, ou pelo menos não são reconhecidos como tal por Carlos Carreiras.

Os munícipes de Cascais, os tais que pelos vistos não são tão “amigos”, gostavam de ver Carlos Carreiras usar do mesmo empenho e perseverança para resolver alguns problemas que têm, e que tardam em aparecer soluções.

A construção do resto da variante circular norte, da rotunda de Alcoitão até Talaíde, a construção do resto da variante circular sul, a variante à EN 249 a ligar S. Domingos de Rana à zona da Tabaqueira, a resolução dos problemas existentes na saída da A5 em Cascais, a reconversão da circulação viária no cruzamento do Arneiro, a instalação de estacionamentos adequados e com capacidade para as necessidades dos utentes junto às estações de comboio da linha de Cascais, a criação de estacionamento adequado no centro de Parede, em Alcabideche, e em Cascais. Uma solução de mobilidade que não se limitasse à entediante intoxicação de cartazes e publicidade enganosa mas que respondesse às necessidades dos munícipes na circulação dentro do concelho e nas deslocações para outros concelhos nomeadamente Lisboa, Oeiras e Sintra. As soluções de estacionamento em 98% das zonas residenciais está um caos que como já se viu não melhorou nada com a invasão de parquímetros.

Mas, o que esperar da gestão municipal para de uma vez por todas arregaçar as mangas para resolver estes e outros problemas graves que se mantêm por resolver em Cascais?

Temos todos que ser amigos de Carlos Carreiras?

Ou perguntando de outra maneira: um Presidente de Câmara é eleito para resolver os problemas aos amigos ou deve esmerar-se em resolver a maioria dos problemas dos seus munícipes?
Outros artigos de RUI FRADE RIBEIRO
+Estacionamento: Um direito ou um negócio? 
+Nova Cascais- O betão, sempre o betão! 
+Cascais, a cegueira e a política!

*Os artigos de opinião publicados são da inteira responsabilidade dos seus autores e não exprimem, necessariamente, o ponto de vista de Cascais24.

Imprimir










3 comentários:

Anónimo disse...

Esperamos que o Dr. Rui Rio proceda ao saneamento deste individuo da accão politica do PSD , e por inerencia liberte os cascalenses deste pesadelo de gestão sem futuro .

MnelVP disse...

Excelente artigo Rui. Obrigado pela compilação… apesar de ainda faltarem muitos outros exemplos menores.

luis disse...

Um Judas Social Democrata! Desbaratando Cascais com a beneplacencia dos municipes.
Cada vez é mais dificil viver em Cascais, com a continua degradação da qualidade de vida, em continuos engarrafamentos, sem infra-estruturas e equipamentos e até sem segurança.
O património histórico a ruir! Veja-se As Cavalariças Santos Jorge, no Tamariz, a Casa Faial na Praia da Conceição, os Fortes da Praia da Poça ou o Sarcofago da Praia da Azarujinha....
É só Show-off!

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas