Dois GNRs feridos ao intervirem em desacatos entre 20 civis no largo de Alvide

Segurança


Por Redação
08 abril 2019
Dois militares da GNR ficaram feridos ao intervirem este sábado, à noite, em desacatos entre cerca de 20 civis no largo de Alvide, na freguesia de Alcabideche, apurou Cascais24.

Os militares, que tiveram necessidade de receber tratamento na urgência do Hospital de Cascais foram um guarda que integrava uma patrulha móvel do Subdestacamento de Alcabideche, acionada para o local e sofreu uma rotura muscular e um outro, do Destacamento de Intervenção, que trajava à civil e circulava pelo local e interveio em apoio aos camaradas, acabando por sofrer a fractura de duas costelas, confirmou, a Cascais24, fonte da GNR.

Os desacatos, alegadamente com origem no excesso do consumo de álcool, terão envolvido cerca de duas dezenas de civis, os quais acabaram por protagonizar cenas de pancadaria em pleno largo de Alvide, as quais só terminaram com a chegada da GNR e levando a maioria deles a colocar-se em debandada.

No entanto, os alegados agressores dos militares da GNR acabaram por ser neutralizados e detidos e foram esta segunda-feira, à tarde, presentes a primeiro interrogatório judicial junto dos Serviços do Ministério Público de Cascais.
Imprimir





Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas