Fogo destrói mais de 4 mil m2 de mato entre Bairro Novo e Makro em Alcoitão

Segurança

                                                                                                                                                             (Fotos CASCAIS24)
Por Redação
01/09/2018
Um incêndio, que deflagrou, este sábado, à tarde, em área de mato, em Alcoitão, perto de habitações e da Makro, mobilizou 25 operacionais dos corpos de Bombeiros de Bombeiros de Alcabideche, Cascais e Estoril.

O fogo, de origem desconhecida, destruiu cerca de 4 mil m2 de mato rasteiro numa área com algum acesso acidentado e difícil, devido à proliferação de enormes pedregulhos, entre o Bairro Novo de Alcoitão e a Makro.

Bombeiros em pontos estratégicos para impedir propagação do fogo (Foto CASCAIS24)
O alerta foi dado cinco minutos antes das três horas da tarde e rapidamente convergiram para o local os três corpos de Bombeiros, apoiados por 7 veículos de combate, os quais acabaram por ser colocados em pontos estratégicos, por forma a impedir a propagação das chamas.

José Costa, 2.º Comandante de Alcabideche
Segundo disse no local, a Cascais24, José Costa, Segundo Comandante dos Bombeiros de Alcabideche, que coordenou as operações, "o fogo não chegou a pôr em risco habitações ou a própria Makro", situadas em redor do perímetro ardido.

"Foi mais o susto provocado pela intensidade com que o mato rasteiro ardia", adiantou o Segundo Comandante José Costa, segundo o qual "o incêndio entrou em fase de resolução ao fim de cerca de hora e meia".

Uma enorme coluna de fumo foi visível e um cheiro intenso a mato queimado sentido na região, imediatamente depois da deflagração do incêndio, que é de origem desconhecida.

Fogo em fase de resolução ao fim de hora e meia (Foto CASCAIS24)
No local compareceu, igualmente, uma patrulha móvel da GNR de Alcabideche, que registou mais este incêndio, que só não tomou maiores proporções devido à intervenção "musculada" dos três corpos de Bombeiros.

Imprimir


Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas