Onda arrebata e mata homem no Guincho

Atual


Por Redação

Um homem, de 56 anos, morreu este sábado, à tarde, ao ser arrebatado por uma onda gigante, nas furnas do Guincho, em Cascais, mas o corpo ainda não foi resgatado.

Um sobrinho que o acompanhava logrou escapar ileso, mas teve que receber apoio psicológico por parte de um agente da Polícia Marítima de Cascais, que é licenciado em psicologia.

O acidente deu-se pouco antes das cinco horas da tarde, quando tio e sobrinho faziam os preparativos para a pesca lúdica no local que, segundo o comandante Pereira da Terra, da Capitania do Porto de Cascais, “é uma zona perigosa”.

Nas operações de resgate, que foram suspensas ao anoitecer e, em parte, também devido ao estado de agitação marítima, estiveram mobilizados 24 operacionais, apoiados por 9 veículos da Polícia Marítima, Bombeiros, PSP e Polícia Municipal.

O corpo da vítima ainda chegou a ser avistado junto ao mar, ao fundo da falésia, mas a operação de resgate era demasiado arriscada para a equipa de salvamento de grande angulo dos Bombeiros de Cascais, acabando por ser abortada por ordem do comandante da Capitania do Porto.

As buscas são retomadas este domingo, de manhã, sendo previsível o apoio de uma helicóptero da Força Aérea.







3 comentários:

Nuno Gatta disse...

Chegou a ser avistado no mar?? O corpo esteve quase uma hora a boiar à vista de toda a gente!!! Eu próprio tirei fotos ao corpo a boiar tal como todas as pessoas que ali estavam!!! Era dia ainda e a visibilidade era óptima...

Tiago disse...

entre ser visto e ser possível ser resgatado a diferença é enorme.
Acha a melhor opção arriscar a vida de 4 para resgatar um corpo?

Anónimo disse...

O senhor Nuno gatta tem toda a razão.eu sou o sobrinho c kem ele foi pescar e so precisava duma merda duma corda pá ir busca lo. Ainda tentei descer e n deixaram. Vi o meu querido tio morto c kem á 2 minutos os atrás estávamos a rir. Vi-o morto sem poder fazer nada. Bastava uma corda, uma merda D 10mts D borda. �� descansa em paz meu querido tio e um pormenor para esses médias da treta. N tava junto dele mem tenho 20 anos. Tenho 40 obrigado pelo apoio D algumas pessoas. Nuno