Salários nos Bombeiros de Parede foram processados esta segunda-feira

Atual

O presidente em exercício Rodrigues Soares e o tesoureiro João Calado assinaram esta manhã os processamentos (Foto DR/ Cascais24)
Por Redação
01 abril 2019
Os vencimentos aos cerca de 70 assalariados da Associação Humanitária dos Bombeiros de Parede "Amadeu Duarte" foram, finalmente, processados esta segunda-feira, de manhã, pelo presidente em exercício, Rodrigues Soares, e pelo tesoureiro João Calado.

Ambos compareceram pelas dez horas da manhã e assinaram, um a um, as respetivas ordens, a serem pagas, por transferência, pelo Montepio, disse, a Cascais24, fonte próxima do Conselho de Administração, segundo a qual "quem tiver conta no Montepio tem o seu vencimento na conta ainda hoje, e quem for clientes de outras entidades, porventura só terça-feira nas suas contas".

Conforme Cascais24 avançou este domingo, os salários deviam ter sido processados na sexta-feira, mas a "guerra" que opõe o destituído presidente e atual vogal Jorge Lourenço Martins e os restantes membros do Conselho de Administração atrasou os processamentos.

NOTICIAS RELACIONADAS
+"Guerra" entre orgãos sociais atrasa salários nos Bombeiros de Parede
+Eleições adiadas nos Bombeiros de Parede
+Eleições podem fazer regressar estabilidade à Associação dos Bombeiros de Parede

Imprimir

Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas