Uma criança e dois GNRs entre 6 intoxicados em fogo habitacional

Segurança

Por Redação
04 janeiro 2019
Seis pessoas, entre as quais uma criança de 12 anos e dois militares da GNR,  foram vítimas de intoxicação, por inalação de fumoS, na sequência de um incêndio que deflagrou esta sexta-feira, ao princípio da tarde, no rés-do-chão de um edifício de cinco pisos, na Amoreira, na freguesia de Alcabideche.

No entanto, segundo disse, a Cascais24, Miguel Jerónimo, Adjunto dos Bombeiros de Alcabideche, só cinco dos intoxicados tiveram necessidade de ser transportados à urgência do Hospital de Cascais.

Os seis intoxicados, por inalação de fumos, têm idades entre os 12 e os 78 anos, acrescentou Miguel Jerónimo.

O incêndio deflagrou pouco depois da uma hora da tarde na habitação, que ficou totalmente destruída. Não é conhecida a causa do fogo.


As densas camadas de fumo, que envolveram todo o edifício, situado na avenida do Ultramar não só intoxicaram residentes como, também, dois militares  de uma patrulha móvel do Subdestacamento da GNR de Alcabideche que, ao chegarem antes dos bombeiros, procuraram efetuar o resgate dos moradores.

O edifício acabou por ter que ser evacuado.

A intervenção de 14 operacionais, apoiados por seis veículos, dos Bombeiros de Alcabideche impediu que as chamas atingissem outras frações do edifício.

A fração atingida pelo incêndio ficou destrída, tendo os moradores das outras frações regressado às suas casas depois dos bombeiros terem procedido à ventilação do edifício.

Para além dos Bombeiros de Alcabideche e da GNR, estiveram no local a VMER do Hospital de Cascais e o serviço municipal de Proteção Civil.
Imprimir

Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas