"Muitas vezes somos ameaçados com armas brancas", diz a Cascais24 motorista da Scotturb agredido no terminal de Cascais

Segurança

Por Redação
12 março 2019
Ivo Moreira, 43 anos, o motorista da Scotturb agredido no autocarro que conduzia, no terminal de Cascais, revelou, a Cascais24, que "sempre que um motorista enfrenta um passageiro que não viaja com título de transporte é certo que em 50% dos casos a coisa acaba mal, muitas vezes somos ameaçados com armas brancas".

Funcionário da Scotturb há quase 4 anos, Ivo Moreira foi, conforme Cascais24 avançou em primeira mão, violentamente agredido na último dia de fevereiro, à noite, por um jovem que, inicialmente, recusou validar o seu titulo de transporte.

"Fui suturado com 8 pontos nos lábios", contou, a Cascais24, o motorista, que recebeu tratamento no Hospital de Cascais e só deverá regressar ao trabalho no final da semana, depois de um período de 15 dias de incapacidade clínica para o trabalho.

Escusando-se a mais declarações, Ivo Moreira não deixou, no entanto, de lamentar a "insegurança e o receio permanente em que os motoristas vivem no seu dia-a-dia".

Carreiras mais perigosas

Já uma outra fonte, que pediu o anonimato, denunciou que as carreiras mais "problemáticas na região de Cascais são a 404, 406, 408, 413 e 462, isto é todas as que circulam por bairros problemáticos como os da Torre, Cruz Vermelha, Adroana e Alcoitão".

Recorda-se, por exemplo, que a carreira 404 durante muito tempo deixou de circular pelo interior do bairro da Torre devido a uma agressão a um outro motorista e atos reiterados de vandalismo contra os veículos.

"A partir das 19h00 deixa de haver fiscalização, e a PSP não pode estar em todo o lado", observou, por sua vez, outra fonte, que pediu o anonimato, não sem deixar de lamentar que, por exemplo, a Polícia Municipal que, entre outras atribuições, tem por missão a garantia da segurança nos transportes locais, nem se vê".

"Seria bom que em relação a estas situações o presidente da Câmara de Cascais tomasse posição e, sobretudo relativamente à agressão de que foi vítima o nosso camarada de profissão fizesse um qualquer comentário, o que até agora não fez, o que é lamentável", concluiu a mesma fonte.

Imprimir


8 comentários:

Anónimo disse...

Transportes publicos certo? Se não cobrassem dinheiro que não temos isto evitavasse as pessoas têm que se mover para longe vão como a pé?nada justifica apenas ade ver as coisas de outra forma

Anónimo disse...

Eu se fosse motorista por lá, começava a andar com uma arma de fogo...

Anónimo disse...

NO MEU TEMPO ADOLESCENTE QUANDO NAO TINHA DINHEIRO IA A PE,SO FAZ E BEM...

Anónimo disse...

nao paga, vai pé!! os cães também andam a pé e estão gordos! é só lixo que por aí anda.. e ninguém faz nada..

Anónimo disse...

Não têm dinheiro para o bilhete e podem comprar telemóveis de 200 euros e mais? Não têm dinheiro e vou estoirar dinheiro em bebedeiras e droga? Ou só não têm para um pré comprado de 1,47 €uros?

Luis Maia disse...

A Policia é inexistente, não se vê a presença policial. Antigamente havia menos Policias, mas havia mais visibilidade da Policia.
Os Policias também deviam ter mais autoridade e poder para exercerem uma acção mais inérgica e efectiva.
As pessoas têm que respeitar e fazer o que a Policia diz, caso contrário a Policia deve agir, usando em último caso a força ou as armas.
Um individúo que puxa de uma faca para alguém, devia levar uma carga de porrada até pedir por favor para não levar mais. Para a próxima pensa melhor, e tem mais respeito pelo policia e pelo cidadão.
Tratar criminosos, bandidos e meliantes como se trata pessoas de bem, só na cabeça de quem desconhece a realidade.
Não me venham os defensores dos direitos humanos com balelas.

Anónimo disse...

muitos falam de uma visao mas agr vejam da outra 2,50 por um bilhete acho muito caro em lisboa o bilhete para qualquer lado nao ultrapassa os 2 euros n sejam so focados num lado

Anónimo disse...

Uma treta pegada.O monte de m..... não tem dinheiro para um bilhete de autocarro e entra no mesmo?Qualquer dia tem de andar o Corpo de Intervenção nos transportes públicos!

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas