Gerência da Scotturb “quer impor condições de trabalho”, denuncia Fectrans

Atual

Por Redação
20 março 2019

A Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans) denunciou que “numa altura que decorre um processo de negociação” com a gerência da SCOTTURB, “esta simultaneamente anda a contactar trabalhadores para adesões individuais às regras da prestação de trabalho”.

De acordo com aquela Federação, “isto demonstra que a Gerência desta empresa do grupo brasileiro Jacob Barata, faz um simulacro de negociação, para depois tentar impor regras de trabalho ilegais, fora do Acordo de Empresa e do próprio Código do Trabalho”.

A Fectrans adianta que “vamos continuar na mesa de negociação a defender os interesses dos trabalhadores e são estes com a mobilização que acabarão por impor a valorização dos seus salários”.

Recorda-se que a Scotturb opera no transporte de passageiros nos concelhos de Cascais, Oeiras e Sintra.

No entanto, está em risco de perder o transporte de passageiros no concelho de Cascais depois de ter sido excluída no relatório preliminar do júri do “Concurso Internacional para a Operação do Transporte Público Rodoviário de Passageiros” do município de Cascais”, conforme Cascais24 noticiou, a partir de uma notícia avançada pela “Transportes em Revista”.


Imprimir

Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas