Pancadaria à saída de bar na Rebelva meteu chave de rodas e até raquete de ténis

Segurança

                                                                                                                                                     (Fotos CMTV/CM)
Por Redação
24 fevereiro 2019
Uma violenta cena de pancadaria, onde não faltaram uma chave de rodas e até uma raquete de ténis, provocou três feridos este domingo, de madrugada, no largo da Rebelva, em Carcavelos. A rixa envolveu cerca de duas dezenas de pessoas, que tinham acabado de sair do conhecido Boss Bar New Generation.

"Apenas dois feridos foram transportados ao hospital, um terceiro recusou o transporte", disse, a Cascais24, fonte do Comando Metropolitano da PSP (Cometlis) de Lisboa, segundo a qual "a polícia identificou quatro pessoas, entre as quais os dois feridos".

As idades dos envolvidos nesta cena de pancadaria oscilam entre, o mais velho, com 48 anos, e o mais novo com 29 anos.

Motivos fúteis terão estado na origem dos incidentes, registados pouco depois das quatro horas da manhã em pleno largo da Rebelva.

Foi, segundo apurou, ainda, o Cascais24, o segurança do bar que acionou as autoridades.

"Confirmo que foi o nosso segurança que, perante a gravidade da alteração de ordem pública, chamou a PSP", disse, a Cascais24, Luís Branco, diretor executivo da empresa de segurança LB.

                                                                            (Foto CMTV/CM)
Antes da chegada da PSP, que terá sido forçada a efetuar quatro disparos de shotgun para o ar, podem ver-se num vídeo publicado em exclusivo pela estação CMTV/CM pormenores das cenas de violência que marcaram o final da madrugada na Rebelva.

Entretanto, a PSP procede a averiguações com vista a identificar todos os envolvidos nesta contenda e a apurar o que esteve na sua origem.

Os suspeitos podem incorrer num crime de participação em rixa, para além de ofensas à integridade física na forma qualificada.
Imprimir






Sem comentários:

MULTIMÉDIA. SEGURANÇA

A PSP e o Metro recomendam: "Durante a abertura de portas não utilize o telemóvel. Pode ser vítima de roubo."

Abrigos precisam-se!

Quem põe na ordem donos de caninos?

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo

Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo
Artigo de OPINIÃO Drª Francisca Delerue

Expulsemos as traquitanas