Drones ajudam nas buscas para localizar e resgatar corpo de funcionário municipal arrebatado por onda no Guincho

Atual

Um dos dois drones usados nas buscas
Por Redação


No terceiro dia de buscas para localizar e resgatar o corpo do funcionário municipal de Cascais que, no sábado, à tarde, foi arrebatado por uma onda nas furnas do Guincho, as autoridades marítimas recorreram, pela primeira vez, a dois drones da Marinha que, esta segunda-feira, sobrevoaram cerca de 3 milhas de Costa.


Comandante Pereira da Terra, que coordena as operações de busca
Segundo disse, a Cascais24, o comandante Pereira da Terra, Capitão do Porto de Cascais, que está a coordenar as operações de busca, “a utilização dos dois drones é feita em parceria com a Marinha” e o seu “trabalho de inspeção consiste na captação de imagens”, que podem ajudar a localizar o corpo, que ainda não foi encontrado.


Nas operações de busca, por mar, ar e terra, têm estado mobilizados meios da Autoridade Marítima Nacional, da Força Aérea, Policias Marítima, PSP e Municipal, Bombeiros e Proteção Civil Municipal.


A vítima, Francisco Mortágua Ramos, de 56 anos, que trabalhava como jardineiro nos serviços municipais de Cascais, foi arrebatada por uma onda no sábado, pouco antes das cinco horas da tarde.


Um sobrinho, de 40 anos, que o acompanhava, logrou escapar ileso, mas teve necessidade de receber apoio psicológico nas horas seguintes por parte de um agente da Polícia Marítima de Cascais, que é licenciado em psicologia.


As condições muito adversas do mar no sábado não permitiu o resgate do corpo do malogrado funcionário municipal, embora tenha sido avistado, a boiar durante cerca de uma hora, segundo testemunhas.


“A forte agitação marítima podia ser fatal para as equipas de resgate, quer para a tripulação de uma embarcação da estação salva-vidas, que não conseguiu aproximar-se, quer para os operacionais da Equipa de Salvamento de Grande Ângulo dos Bombeiros Voluntários de Cascais”, disse fonte marítima, segundo a qual “não estavam reunidas as condições mínimas de segurança para que a missão fosse bem- sucedida”.

Noticia relacionada 
Onda arrebata e mata homem no Guincho 




Sem comentários: